Home / Curvelo online / APÓS INSISTÊNCIA DA PREFEITURA, SEMÁFORO DO “SETE LÉGUAS” FINALMENTE SAI DO PAPEL

APÓS INSISTÊNCIA DA PREFEITURA, SEMÁFORO DO “SETE LÉGUAS” FINALMENTE SAI DO PAPEL

Cruzamento-Bias-Fortes-com-Alameda-Gastão-Coimbra-Gentil-de-matos
Entroncamento da Av. Gentil de Matos, Alameda Gastão Coimbra (AMG 910) e Av. Bias Fortes (LMG 754)

Atendendo à reivindicação da população, em especial dos moradores da região do Ponte Nova, Ipiranga e entorno da Bias Fortes, a Prefeitura de Curvelo  finalmente pôde abrir processo licitatório para as obras de instalação de sinalização luminosa – semáforos – no entroncamento da Av. Gentil de Matos, Alameda Gastão Coimbra (AMG 910) e Av. Bias Fortes (LMG 754), próximo ao antigo Sete Léguas.

As conversações  para que o Estado de Minas Gerais, através do DER-MG, permitisse que a Prefeitura fizesse essa intervenção começaram no início de 2015, através do Departamento de Trânsito da Prefeitura de Curvelo (veja Ofício 350/DMTT/2015), com apoio dos vereadores da base do Executivo Municipal (veja ofício 1475/2015).

Finalmente, em ofício datado de 18 de agosto de 2015, a Gerência de Tráfego do DER, numa correspondência interna (veja CI 0527/2015), informou que a solicitação da Prefeitura só poderia ser aceita mediante elaboração de uma proposta técnica que contemplasse os requisitos do departamento e também mediante convênio ou dispositivo legal para que o Município faça a instalação e manutenção do semáforo.

Oficio DER para PrefeituraNo ofício, o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem diz claramente que “a Prefeitura de Curvelo deverá arcar com todos os custos relativos à instalação, operação e manutenção do dispositivo e de toda a sinalização a ele relacionada”.  O projeto solicitado foi enviado pela Prefeitura ao DER em setembro de 2015, mas a autorização do Estado só veio no dia 14  de dezembro de 2015, três meses depois, quando então, começaram os preparativos para licitação do equipamento e execução da obra, bem como do citado convênio.

Agora, com o processo licitatório, com abertura de proposta prevista para 3 de maio, finalmente será possível  realizar este benefício tão reivindicado, COM RECURSOS MUNICIPAIS, fato que não se deve a interferência política de quem quer que seja, mas ao empenho do Poder Executivo Municipal e à pressão popular, junto a um órgão estadual, para conseguir um benefício que é direito do povo e já deveria ter sido assumido pelo Estado há muito tempo, uma vez que o trecho em questão pertence ao Estado.

As obras, assim que iniciadas deverão contar com o acompanhamento da imprensa, que será devidamente informada sobre todo o andamento. Transparência e lisura: dois compromissos da gestão pública de qualidade que a Prefeitura de Curvelo procura respeitar.

Fonte: Lidiana Braziolli – Gerente de Comunicação Integrada (Prefeitura de Curvelo – MG)

Veja Também

André Marques é campeão da Copa Sudeste em Curvelo

Em decisão dramática diante de 14 mil pessoas, piloto da Mercedes-Benz conta com problemas do ...

Publicidade