Home / COLUNAS

COLUNAS

SONETO PARA CORRUPTOS

Roubou o anel da mão que fez o parto e bateu a carteira do parteiro, deu arrastão na turma do berçário, furtou o leite do irmão de peito. Este promete! Há de ser prefeito, disse o padrinho; vai ser deputado, previu vovô – e mais: não satisfeito, ele será um ...

Leia Mais »

DAVID BOWIE E O SACI

Assombração sabe para quem aparece, diz Ana Maria. O que Ana Maria fala eu escrevo. E, para escrever sobre assombração, nada melhor que voltar ao sítio da Dona Benta, onde tudo se encanta e desencanta misturadamente. É lá que ouvimos a conversa entre Saci e Pedrinho, em que o encantado ...

Leia Mais »

A TORRE DE BABELÔNIA

Vencida a última duna do deserto, chegou a Babelônia a caravana dos mineiros que iam perfurar a abóbada celeste. Desapeados dos camelos e dos dromedários, os homens descarregaram as ferramentas do lombo dos onagros e se dirigiram para o acampamento ao pé da Torre. Lá se confraternizaram com os pedreiros ...

Leia Mais »

SONHOS & ESCOLHAS

Como atingir nossos sonhos realizando boas e decisivas escolhas?  Ao passo que decidimos por algo estamos fazendo escolhas e por consequência renunciando a outras, saber o real valor de cada escolha e dosar tal decisão é de grande importância para que tenhamos uma vida em constante sintonia e que no ...

Leia Mais »

AMAR COMO PLATÃO AMOU

Ele: – O que você está lendo aí, tão concentrada? Ela: – “A defesa de Sócrates”. Ele: – Já vi vídeo dele. Craque. Fazia até gol de calcanhar. Mas não sabia que jogou também de goleiro. Ela: – Este aqui é o Sócrates filósofo. Ele: – Filósofo? Ele que escreveu ...

Leia Mais »

O HOMEM DO PAU DE SELFIE

O homem do pau de selfie é grávido de si mesmo e se sentirá justificado se alguém disser que ele tem o rei na barriga, embora se declare republicano. Seu alter ego, o pequeno príncipe, bendito fruto de seu amor hermafrodita, já tem nome: Narciso, aquele que se apaixonou pelo ...

Leia Mais »

DOS VITORIANOS À CARNE FRACA

A ficção científica, tanto na literatura quanto no cinema, costuma figurar o futuro do planeta e da civilização em quadros escatológicos: nas cidades devastadas, os escombros da tecnologia convivem com uma natureza alterada e revolta, enquanto as ruínas da cultura vão sendo assimiladas ao caos e à barbárie. Poderia fazer ...

Leia Mais »

Ora bolhas!

Temo o homem que só conhece um livro, disse Tomás de Aquino, o grande teólogo medieval. O homem de um livro só é aquele cuja visão de mundo é esquemática e seu esquema é a antítese. Para ele, a existência se reduziria a um dualismo radical entre pólos irreconciliáveis: luz ...

Leia Mais »