Home / Geral / Vallourec encerra produção de aço na capital até 2018
SIGA NO INSTAGRAM

Vallourec encerra produção de aço na capital até 2018

Eugênio Moraes/Hoje em Dia/02-07-2011 A unidade de Jeceaba (foto) deve receber parte dos trabalhadores da Usina do Barreiro
Eugênio Moraes/Hoje em Dia/02-07-2011
A unidade de Jeceaba (foto) deve receber parte dos trabalhadores da Usina do Barreiro

A fabricante francesa de tubos de aço Vallourec (ex-Manessmann), anunciou nessa segunda (1º) o fim da produção de aço na unidade industrial da companhia em Belo Horizonte, no Barreiro, até 2018. Ainda neste ano, um dos dois altos fornos será desativado. O segundo, assim como a aciaria, deixará de operar em até dois anos. A unidade continuará responsável pela laminação e acabamento dos tubos de aço, que terão a produção concentrada na planta de Jeceaba.

As medidas fazem parte de uma ampla reestrutura-ção da companhia em âmbito mundial e foram anunciadas na sede do grupo, em Paris. No Brasil, haverá a fusão da Vallourec Tubos do Brasil com a Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil Ltda (VSB) – joint venture entre a Vallourec (56%) e Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation (NSSMC), que detém 44%.

A fusão cria a Vallourec Soluções Tubulares do Brasil, na qual a Vallourec deterá uma participação majoritária de 85% e a NSSMC os 15% restantes. A operação ainda depende de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Em nota, a Vallourec informa que vai operar com uma equipe reduzida, mas trabalhará para amenizar os impactos das medidas. “A empresa terá dois anos para minimizar os impactos sociais dessas medidas por meio de transferências internas na própria Usina Barreiro, transferências voluntárias de empregados de Belo Horizonte para Jeceaba e, também, por meio da rotatividade natural da força de trabalho. O estabelecimento de uma estrutura industrial e administrativa mais enxuta e efetiva, a continuidade dos investimentos, dos projetos de pesquisa e desenvolvimento, assim como da inovação em produtos e serviços, demonstram a convicção da Vallourec na recuperação do mercado interno e na competitividade do Brasil como plataforma de exportação do grupo”, diz o comunicado.

O plano deverá culminar no corte de 200 vagas, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Belo Horizonte. Cerca de 3.800 pessoas trabalham atualmente na unidade do Barreiro, segundo o sindicato. “Queremos que a empresa apresente um PDV (Plano de Desligamento Voluntário)”, disse o presidente do Sindicato, Geraldo Valgas.

Em julho do ano passado, a companhia demitiu 400 trabalhadores da unidade, segundo informações do sindicato.

A Vallourec é líder mundial na produção de tubos de aço sem costura e atende aos setores petrolífero, industrial, automotivo, de energia e da construção civil. A companhia emprega de forma direta mais de 20 mil trabalhadores e atua em mais de 20 países.

Fonte: Jornal Hoje em Dia

Veja Também

Mauri Torres toma posse como presidente do TCEMG no dia 18

O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) realiza, na próxima segunda-feira, 18 ...