Home / Curvelo online / Curvelo Faz Arte – Transforma
SIGA NO INSTAGRAM

Curvelo Faz Arte – Transforma

10

Evento reuniu mais de 1500 bailarinos e levou plateia ao delírio com belíssimos espetáculos

Nos dias 24, 25 e 26 de abril, no Cine Teatro Virgínia aconteceu o Festival Nacional de Dança “Curvelo Faz Arte”. Em sua décima segunda edição, o evento é realizado pela Academia Trans-Forma Centro de Dança e contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Curvelo e Secretaria Municipal de Desporto, Cultura, Lazer e Turismo.

Mais de trinta e três grupos de dança de diversas cidades do país disputaram prêmios e durante os três dias de evento, modalidades como ballet, clássico de repertório, contemporâneo, danças populares, jazz e hip hop mostraram técnicas avaliadas por Cristina Helena, Tíndaro Silvano, Eurico Justino, Dijalma Junior, Cristiano Reis e Paula Zaidan; corpo de jurados renomados que contou com o apoio do Conselheiro Técnico Márcio Mello.

O evento idealizado por Dora Mourthé juntamente com sua sócia e filha, Sophia Mourthé Motta, encantou a toda a plateia que prestigiou os espetáculos. Segundo Dora, o “Curvelo Faz Arte”  transforma a cidade e as pessoas que são contagiadas pela cultura emanada durante o festival. De acordo com assessoria de comunicação e marketing, o público artístico flutuante nos três dias de evento foi acima de 1500 pessoas, sem contar com a plateia.

“Só temos a agradecer aos grupos participantes, jurados, alunos Trans-Forma, apoiadores, imprensa e patrocinadores. O Festival Curvelo Faz Arte, foi idealizado por mim, mas para ser desfrutado por todos”, enfatizou Dora.

16

 O ‘’Curvelo Faz Arte’’ iniciou a partir de um sonho, e tomou uma proporção enorme. Durante o evento, restaurantes, lanchonetes, hotéis, postos de combustíveis, padarias tem um aquecimento financeiro, privilegiando através da dança o fomento cultural e econômico, tanto direto e indiretamente no mercado.

Para Cristina Helena, delegada da CBDD, o “Curvelo Faz Arte” cresceu em quantidade e qualidade. “É impressionante como o evento tomou uma proporção gigantesca tanto nas apresentações, quando na estrutura”, afirmou.

Para o ano de 2016 diversos grupos já confirmaram presença, inclusive os standes de artigos de dança da Só Dança, Raça e Esculturas em Arame, que afirmam ser este evento um dos maiores do estado de Minas.

Segundo Tíndaro Silvano, um ícone da dança no Brasil e Exterior, algumas arestas devem ser aparadas, mas afirmou ser notório o crescimento e importância do festival para a cultura e economia de Curvelo e região.

Quem não prestigiou o evento este ano, reserve o mês de abril de 2016 para apreciar os diversos espetáculos, inclusive com possível participação de Cia de Dança de Joinville/SC.

Fonte: Gleybia Gomes
Fotos: Fotos Audácia Studio Fotográfico

Veja Também

Lei que prioriza divórcio para vítimas de violência doméstica é sancionada: “Avanço”, diz especialista

Na última quarta-feira (30), foi sancionada a lei 13.894/19, que garante assistência jurídica e assegura ...